Noturna 104 

Educação de Conceição do Castelo se destaca em premiação do programa “Agrinho”
Publicado em 2018-12-10 14:00:04



O município de Conceição do Castelo se destacou no programa “Agrinho”, realizado na rede municipal de Educação, conquistando quatro premiações nas categorias Aluno, Professor e Coordenação do Projeto. Ao todo, o programa envolveu 10 escolas do município, totalizando, aproximadamente, 1700 alunos, e 78 projetos desenvolvidos de maio a setembro deste ano.A cerimônia de premiação ocorreu na última semana, no centro de Convenção de Vitória. Entre os premiados estão os alunos Felipe da Rocha Zanon, 12 anos, estudante do 6º ano da UMEF “São Antônio”; Mariany Maranguanhe Dalbó, 9 anos, do 3º ano da UMEF “Mata Fria”; também recebeu premiação a coordenadora pedagógica e do Agrinho no município, Silvana Martins de Carvalho; e a professora do 1º ano C da UMEF “Elisa Paiva”, Maria de Luldes Davila Ferreira Virginio.O Programa Agrinho deste ano teve como tema “Trabalho e Consumo” e a partir daí, os professores puderam desenvolver subtemas para trabalhar com alunos. A coordenadora Silvana explicou que a rotina escolar foi mantida e conciliada com as atividades do Agrinho.

 “A partir da capacitação, o professor leva o tema para a sala de aula, e em conversa com os alunos, começa a se discutir e pesquisar o assunto escolhido. Dentro de cada disciplina, o professor procura focar no que é possível trabalhar dentro daquela temática. A escola não parou só para o programa. Todas as outras atividades escolares estavam acontecendo”, detalhou Silvana, que também foi premiada em 2º lugar na categoria Coordenação Pedagógica. Ela ganhou uma Smart TV. O secretário municipal de Educação, Márcio Vitor Zanão, disse que a premiação mostra que a educação municipal está no caminho certo. “Para a secretaria de Educação é um orgulho muito grande ter obtido esses resultados. É muito interessante porque são quase 60 municípios envolvidos em todo o Estado. Tivemos dezenas de projetos maravilhosos, fruto de esforço de muita gente envolvida. Parabéns a todos!”, comemorou Márcio.

prefeito Christiano Spadetto destacou que os bons resultados são frutos da aplicação e dedicação dos profissionais da educação de Conceição do Castelo. “Toda premiação que a gente consegue para o município, ela condiz com o resultado da aplicação dos conhecimentos, da dedicação dos profissionais, dos professores que se empenham para o projeto. Esses resultados também são importantes para mostrar que estamos no caminho certo na nossa Educação”, afirmou o prefeito.

Premiação

Já o aluno Felipe ganhou uma bicicleta, ficando em 2º lugar, em sua categoria. Ele escreveu um texto sobre consumo consciente. “Eu gostei do meu projeto. Foram alguns instrutores nas escolas que nos ajudaram junto com professora Emiliana. Ela pediu para todo mundo fazer um texto, e nós fizemos. O título do meu texto foi ‘Jogo do Consumo”, que falava que as pessoas gastavam muito e ficavam sem dinheiro para pagar o aluguel”, explicou.

Também foi premiada a aluna Mariany, em 5º lugar, com um desenho que retrata o trabalho infantil, assim como Filipe, ela ganhou uma bicicleta. “Eu gostei. Nós fizemos um desenho sobre o trabalho infantil. Eu desenhei um lado triste, com uma criança trabalhando na carvoaria, e um lado feliz sobre retratando como as crianças têm que viver: indo na escola e no parquinho, jogando bola”, relatou a aluna.

Professora número 1

A professora Maria de Luldes ganhou a maior premiação na categoria professor, uma motocicleta, ficando na primeira colocação. O trabalho contemplado foi o relato de experiência sobre o projeto que ela desenvolveu com sua turma com o tem “Apague o desperdício e acenda a economia”, que tratou do consumo consciente de energia elétrica. A turma realizou uma série de atividades de conscientização da escola e também da comunidade, com palestras, roda de conversa, passeata, panfletagem, participação da rádio comunitária da cidade e na Câmara de Vereadores.

“Todas as ações foram na busca da consciência cidadã, tanto dos alunos, quanto das pessoas. Buscamos várias parcerias. Conseguimos mobilizar bastante gente, os pais principalmente. Fizemos um concurso de economia de energia elétrica, em que a família que conseguisse economizar mais energia em 30 dias iria ganhar uma bicicleta. A família ganhadora economizou R$ 116. No total, foram economizados R$ 456,00 de energia elétrica”, pontuou a professora.

Parcerias

Um ponto importante a se destacar foram as parcerias realizadas nas ações do programa Agrinho. Os trabalhos tiveram participação, direta e indiretamente, do comércio da cidade, Câmara Municipal, Rádio Comunitária, Ifes de Venda Nova, Ifes de Ibatiba, Incaper, família dos alunos e comunidade. Uma das parcerias que chamou a atenção foi com a empresa EDP, que contribuiu na mobilização para o consumo consciente. “A gente encontrou essa consciência cidadã que o projeto busca”, completou a professora Maria de Luldes.

Programa Agrinho

É um programa de responsabilidade social do sistema FAES/SENAR-ES/Sindicatos Rurais, em parceria com as secretarias municipais de educação, atuando em todo o Estado do Espírito Santo, e se propõe a contribuir com a formação das novas gerações, desenvolvendo de ações educativas para despertar e desenvolver a consciência de cidadania. O Programa prioriza a criança e o adolescente, transformando-os pela educação, em agentes de melhoria das condições.

Fonte: Aquinoticias.com



<< Notícia anterior              Próxima notícia >>

 

 


Rádio FAMA noticias




Rádio FAMALEGRE FM 104,5
Rua Vila Machado, 117 - Centro - Alegre (ES)
Contatos: (28) 3552-1996 (comercial) / 3552-0836 (ouvinte)
© 2005-2013 - Todos os direitos reservados
www.fama104.com.br