Toc Sucesso 

VACINAÇÃO DO CORONAVIRUS ATE JULHO
Publicado em 2021-02-18 11:45:20



O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta 4ª feira (17 de fev.2021) que o governo espera receber 230,7 milhões de doses de vacinas contra o coronavírus até julho. O cronograma difere um pouco do que havia sido divulgado  no dia anterior.

O cronograma atualizado foi divulgado em encontro com o Fórum de Governadores.

 Lista a seguir o total esperado para cada mês:

  • Fevereiro: mais 11,3 milhões de doses;
  • Março: 46 milhões de doses;
  • Abril: 57,2 milhões de doses;
  • Maio: 46,2 milhões de doses;
  • Junho: 34,6 milhões de doses;
  • Julho: 16,5 milhões de doses.

 

OUTRAS ENTREGAS

Pazuello também contabilizou os 2 milhões de doses da vacina de Oxford já importadas da Índia e os 8,7 milhões de doses de CoronaVac entregues pelo Butantan em janeiro. O Brasil também receberá, até junho, mais 8 milhões de doses da vacina de Oxford pelo Covax Facility, totalizando 10,6 milhões de doses pelo consórcio.

Até setembro, serão entregues mais de 22,3 milhões de doses da Coronavac, totalizando os 100 milhões contratados pelo Ministério da Saúde.

A Fiocruz deverá entregar mais 110 milhões de doses da vacina de Oxford no 2º semestre, com produção 100% nacional.

De acordo com o Ministério da Saúde, a União Química produzirá 8 milhões de doses da Sputnik V por mês, depois que incorporar a tecnologia de produção do IFA da vacina. Contudo, não detalhou quando o processo será concluído nem forneceu informações de futuros contratos com o laboratório.

VACINAÇÃO DOS GRUPOS PRIORITÁRIOS

O governo afirma que serão necessários 154,4 milhões de doses para vacinar os grupos prioritários. O país deve chegar a esse número até o final de maio, considerando as doses já recebidas em janeiro e o cronograma divulgado nesta 4ª feira (17.fev).

QUEM ENTREGA O QUÊ

Leia abaixo as quantidades e tipos de vacinas que devem ser entregues até julho por cada fornecedor:

Fevereiro

A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) importa 2 milhões de doses da vacina de Oxford e AstraZeneca da Índia. O Instituto Butantan entrega 9,3 milhões de doses da CoronaVac.

Março

Butantan entrega 18,1 milhões de doses da CoronaVac. Fiocruz importa mais 4 milhões de doses da vacina de Oxford e produz 12,9 milhões com IFA (ingrediente farmacêutico ativo) importado.

País recebe 2,6 milhões de doses da vacina de Oxford pela Covax Facility (consórcio gerido pela Organização Mundial de Saúde). União Química importa 400 mil doses da Sputnik V da Rússia. Precisa Medicamentos importa 8 milhões de doses da Covaxin da Índia.

Abril

Butantan entrega 15,9 milhões de doses da CoronaVac. Fiocruz importa mais 4 milhões de doses da vacina de Oxford e produz 27,3 milhões com IFA importado. União Química importa 2 milhões de doses da Sputnik V da Rússia. Precisa Medicamentos importa 8 milhões de doses da Covaxin da Índia.

Maio

Butantan entrega 6 milhões de doses da CoronaVac. Fiocruz produz 28,6 milhões da vacina de Oxford com IFA importado. União Química importa 7,6 milhões de doses da Sputnik V da Rússia. Precisa Medicamentos importa 4 milhões de doses da Covaxin da Índia.

Junho

Butantan entrega 6 milhões de doses da CoronaVac. Fiocruz produz 28,6 milhões da vacina de Oxford com IFA importado.

Julho

Butantan entrega 13,5 milhões de doses da CoronaVac. Fiocruz produz 3 milhões da vacina de Oxford com IFA importado.

 



<< Notícia anterior              Próxima notícia >>

 

 


Rádio FAMA noticias




Rádio FAMALEGRE FM 104,5
Rua Vila Machado, 117 - Centro - Alegre (ES)
Contatos: (28) 3552-1996 (comercial) / 3552-0836 (ouvinte)
© 2005-2013 - Todos os direitos reservados
www.fama104.com.br