Domingão da FAMA 

Morre cantor Jair Rodrigues, aos 75 anos
Publicado em 2014-05-08 15:22:33



Uma notícia muito triste pegou familiares, amigos e fãs de Jair Rodrigues na manhã desta quinta-feira (8).
 
O cantor morreu aos 75 anos. Ele foi encontrado morto em sua casa, em Cotia, na Grande São Paulo e a causa ainda não foi divulgada. A família aguarda o laudo da perícia médica.
 
Jair era casado com a empresária Claudine Rodrigues e pai dos músicos Luciana e Jair Oliveira. É avô de Isabella e Laura, filhas de Jair Oliveira com a atriz Tania Klallil, e de Nina e Tony, filhos de Luciana com o marido Ike Levy
 
Trajetória
Jair Rodrigues de Oliveira, 74 anos, paulista de Igarapava, nasceu em 6 de fevereiro de 1939. Já foi engraxate, alfaiate, servente de pedreiro, faxineiro em cinema. Começou a cantar, profissionalmente, em 1957. Foi com Claudine Rodrigues há 39 anos, com quem tem dois filhos também músicos, Jair de Oliveira e Luciana Mello. Já gravou suas canções ao lado dos filhos ainda pequenos, além de dividir o palco em shows com Alcione, Chitãozinho e Xororó, Daniel, a saudosa Elis Regina, entre outros grandes nomes.
 
Sua carreira musical começou quando foi crooner nos anos 50, no interior de São Paulo. Em 1958 Jair Rodrigues prestou o serviço militar no Tiro de GUerra d São Carlos, como Soldado Atirador nº 134. No início da década de 60 deu início ao seu sucesso na capital do Estado, participando de programas de calouros na TV. Ao lado da grande amiga Elis Regina, ao qual ele apelidou de Pimentinha, formou uma parceria bacana em O Fino da Bossa, programa da TV Record.
 
Em 1966, Jair participou do festival musical com a música Disparada, de Geraldo Vandré e Théo Bastos. Compositor e cantor de sambas de qualidade, surpreendeo ao cantar a canção A Banda, de Chico Buarque de Hollanda.
 
A cada ano, Jair trazia um disco novo e recheado de sucessos como O Menino da Porteira, Boi da Cara Preta e Majestade o Sabiá. Fez turnês pela Europa, Estados Unidos e Japão.
 
A crítica brasileira considera Jair como o Rei da Música Negra.
 
No cinema, seu trabalho como ator em Super Nada mostrou, mais uma vez, sua energia e humor contagiante, em 2013. O filme, com direção e roteiro de Rubens Rewald, arrancou muitas críticas positivas a Jair


<< Notícia anterior              Próxima notícia >>

 

 


Rádio FAMA noticias




Rádio FAMALEGRE FM 104,5
Rua Vila Machado, 117 - Centro - Alegre (ES)
Contatos: (28) 3552-1996 (comercial) / 3552-0836 (ouvinte)
© 2005-2013 - Todos os direitos reservados
www.fama104.com.br