Do Fundo do Baú 

Mulher mata os dois filhos e comete suicídio na Serra
Publicado em 2016-05-31 10:34:51




 

Um crime que chocou parentes e amigos. As mais de cem pessoas que se reuniram no entorno da residência da dona de casa Rosilda Moreira, de 30 anos, pareciam não acreditar que ela tirou a vida dos dois filhos, de 3 e 6 anos, e se matou. Foi o marido de Rosilda que encontrou os três mortos dentro de casa, em Nova Carapina I, na Serra.
De acordo com a polícia, o marido de Rosilda, um ourives, que não teve a idade revelada, descobriu o crime quando chegou em casa após o trabalho, por volta das 18h30 desta segunda-feira (30). Ele esteve com a família horas antes e contou que a mulher estava bem, sem demonstrar qualquer pista do que faria logo depois.
“Ele foi em casa às 14 horas para almoçar. Ele contou à mulher que havia ganhando alguns materiais de construção, o que ajudaria na obra da casa que eles estavam construindo. Ele disse que ela ficou feliz e que eles brincaram, que estava tudo bem”, contou Adilson Motta, de 43 anos, irmão do ourives.



Entre 14 horas e 18h30, o crime aconteceu. Ao chegar em casa, o marido de Rosilda encontrou um dos filhos desacordado na cama, com o rosto roxo. Ele correu pela residência a procura da mulher e a encontrou morta no banheiro. Já a outra criança, estava morta no box, também com o rosto roxo. A polícia não informou qual das crianças estava na cama e qual estava no box. As vítimas foram identificadas como Artur Deric Moreira Motta, de 3 anos, e Amanda Moreira Motta, de 6 anos.
Segundo a perícia, as crianças tinham sinais de asfixia. A perícia informou também que em conversa com o pai das crianças, ele contou que Rosilda passou a apresentar sinais de depressão há cerca de sete meses após uma briga com o marido, onde ele teria visto trocas de mensagens entre ela e um rapaz que ela conheceu na escola onde fazia o segundo grau. Depois, ela abandonou os estudos e passou a ficar mais recolhida, sempre dizendo que carregava uma culpa e que o marido “não merecia aquilo”.

Crime chocou vizinhos da família 
 
A Avenida Belo Horizonte, em Nova Carapina I, ficou lotada após duas crianças de 3 e 6 anos serem mortas pela mãe, a dona de casa Rosilda Moreira, 30, que se matou em seguida. Para os vizinhos, o caso foi uma surpresa.
De acordo com uma vizinha, que preferiu não se identificar, Rosi, como era conhecida, sempre se mostrou uma boa mãe.
“Era visível como ela amava aquelas crianças. Mas, de uns meses pra cá, ela mudou. Passou a se trancar em casa, não queria conversa com ninguém. Emagreceu. O marido dela procurou um médico, mas ela rasgou o papel de encaminhamento e disse que não queria ir”.
Outra vizinha, que também não quis se identificar, contou como foi a reação do marido ao chegar na residência.
“Ele tirou a criança que estava no box e a colocou na cama, tentou reanimar as duas. Mas elas já estavam mortas. Também tentaram reanimar a Rosi, mas já era tarde. Estamos assustados e surpresos com tudo. Nunca imaginei que ela poderia fazer isso. Queria voltar no tempo para ajudá-la”, lamentou.

 



<< Notícia anterior              Próxima notícia >>

 

 


Rádio FAMA noticias




Rádio FAMALEGRE FM 104,5
Rua Vila Machado, 117 - Centro - Alegre (ES)
Contatos: (28) 3552-1996 (comercial) / 3552-0836 (ouvinte)
© 2005-2013 - Todos os direitos reservados
www.fama104.com.br